Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Jacintos-de-água invadem o Mondego e destroem as redes dos pescadores de lampreia


Segunda, 12 de Fevereiro de 2024

Os jacintos-de-água voltam a ser motivo de preocupação nas zonas de Montemor-o-Velho, Maiorca e Alqueidão. Todos os anos é feita a limpeza para manter controlada a praga da planta invasora, mas esta persiste em invadir os cursos de água do Baixo Mondego.Um cenário repetitivo, razão pela qual um pescador alertou para uma situação que se está a verificar «nos últimos dias no Mondego, na zona de Montemor-o-Velho e Maiorca», com «descargas de jacintos que, até então, têm estado confinados nos afluentes do rio e que até estavam controladospor comportas».Numa mensagem enviada ao nosso jornal, o pescador Jorge Cristiano Fernandes alertou que «há quem esteja, neste momento, a abrir comportas para que essas plantas invasoras desçam o rio Mondego e se encaminhem para o mar». «Estamos em plena época da pesca da lampreia e, além do crime ambiental em questão, juntam-se custos avultados para os pescadores do Baixo Mondego. Nós, pescadores, todos os anos temos vindo a assistir a este triste panorama.Limitam-nos cada vez mais o acesso às licenças e reduzem a época da apanha da lampreia e de outros peixes, como o sável», afirmou, lamentando que, «durante todo o ano, assobiem para o lado quando se trata de resolver esta praga de plantas invasoras».

Leia a notícia completa na edição em papel.



Edição de Hoje, Jornal, Jornais, Notícia, Diário de Coimbra, Diário de Aveiro, Diário de Leiria, Diário de Viseu